19 de março de 2010

Raça desgraçada


Depois de ter falado com o Hospital da Luz para saber o que fazer para enviar relatorio de exame e posteriormente falar com o medico, segui escrupulosamente as indicações fornecidas pela administrativa. Supostamente ele iria ler o dito relatório no final do dia e falaríamos ao telefone.

Acabei de falar com o Hospital da Luz e a resposta da administrativa foi: "Este médico não atende pessoas ao telefone. Terá que marcar uma nova consulta".

Resultado terei que pagar mais 90€ para me dar o nome do raio do medicamento. E possivelmente teria que pagar mais 90€ dali a 1 mês para ver se o medicamento foi eficaz.

Situações como estas deviam ser denunciadas. Estes gajos que não têm outro nome deviam falar com as pessoas no final das consultas. É o minimo para alguém que fez juramento: "Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém".

Pena é que nem todos nasceram para isto. Sabe melhor fazer disto um negócio chorudo.

Benditos sejam os bons!

2 comentários:

Lina Querubim disse...

Ás vezes é bom ter um seguro para estas situações menos boas!
Beijokas e paciência...haja bolso...

Alda disse...

É uma triste realidade...

Beijokas, e um bom fim de semana!