1 de março de 2010

Exames - Custo ou beneficio?


Nunca percebi se existe algum critério ou protocolo definido para os exames no follow up dos doentes com cancro da mama.

Na verdade, a necessidade de se manter as análises e a mamografia é consensual. No entanto todos os outros dependem da vontade do médico ou da insistência do doente. Houve um médico que me disse que os exames só se fazem quando existem suspeitas de doença activa. Outros dizem que não acrescentam nada, antes pelo contrário, deixam o doente ansioso e que nada beneficia. Ao contrário destes, os médicos que trabalham no particular acham que se deve fazer exames regularmente para haver um acompanhamento mais fiel do estado do doente.

Perante isto, nunca sei o que devo fazer. Insistir com os medicos para fazer todos os exames que fazem parte do protocolo ou devo ser eu a pagá-los do meu bolso?

Mantém-se a duvida! Não fazemos mais exames para poupar dinheiro ao estado ou para evitar sujeitar-nos a mais radiações e doses excessivas de ansiedade?

3 comentários:

Anônimo disse...

anonimo diz tambem a minha medica onc. diz nao e preciso fazer analises c. marcadores disse mesmo q era so gastar dinheiro ao estado , nem faz ideia o q me apetecia disser-lhe , umbeijo

Anônimo disse...

A minha médica também diz que só se faz exames se houver sintomas muito fortes de que alguma coisa não está bem.
Será que é mesmo assim???

May Alek disse...

Este é um post importante!
Agora que também estou na fase de acompanhamento pós-tratamento percebo que os médicos fazem apenas o necessário. Meu oncologista, para a próxima consulta, passou-me para um residente! Creio que o objetivo é poupar dinheiro ao Estado e dar preferência para os casos mais urgentes. De nossa parte, devemos insistir no que acharmos necessário e ter um acompanhamento por fora, na rede particular. É o que pretendo fazer.
Beijinhos